quinta-feira, 21 de abril de 2016

0

O que fazer ao avistar um OVNI/UFO



OVNI Mogi das Cruzes

 Cheryl Costa escreveu o seguinte artigo para o site syracusenewtimes.com, dando dicas do que fazer se você se deparar com um OVNI:
Então, você saiu para dar uma caminhada com seu par e, de repente, você dois vêem um objeto brilhante, estranho e maravilhoso no céu.  O que fazer?


Se você tiver a presença de espírito de anotar de qual direção ele veio e para onde foi, seria muito útil para os pesquisadores – especialmente se você quiser relatar o avistamento mais tarde.  Vocês dois deveriam chegar num consenso sobre o formato e o que viram, bem como anotar onde estavam e a hora em que o OVNI foi visto.

OK, a respeito dos relatos: Aqui é onde fica um pouco complicado.  Primeiro, não chame a Força Aérea, pois eles não tem (oficialmente) catalogado informações sobre OVNIs desde 1969 (EUA). Na verdade, nenhuma agência governamental publicamente coleta dados sobre OVNIs.

Não chame o jornal local. A maioria dos editores de notícia que conheci tendem a desmoralizar o tópico dos OVNIs.  Muitos dos que conheci pensam que as pessoas que relatam tais avistamentos são loucas, ou estão pregando peças; assim, não perca seu tempo com eles.

Embora eu não queira descrever todos os jornalistas e diretores de notícias da mesma forma, também aconselho não chamar as estações de rádio e TV locais.  A experiência tem mostrado que eles não são mais receptivos do que o pessoal dos jornais.

E que tal a polícia?  Meu conselho é, se o OVNI pousou ou se tornou um claro perigo para a propriedade e ao público, então seguramente pode chamar a polícia.  Muitos dos melhores relatos de avistamentos de OVNIs têm sido registrados pela polícia.  Mas se você somente quer dizer a alguém sobre seu avistamento espetacular, então não chame a polícia.  Eles tem mais o que fazer.

Se você realmente quiser registrar seu avistamento de OVNI em algum lugar onde fará bem para alguém, recomendo ou o National UFO Reporting Center NUFORC.org ou a Mutual UFO Network MUFON.com.

Se você registrar um avistamento, é importante ir direto e concisamente aos fatos, e somente aos fatos. Você não acreditaria quantos relatos de avistamentos que tenho lido, nos quais ficam tagarelando sobre de quem era o quintal com churrasco e o quão sensacional foi o avistamento. Mas em nenhum lugar eles falam sobre o tamanho, formato, cor, direção do movimento e o som.

Da mesma forma, é importante preencher em qual cidade ou vilarejo você estava, e o estado correto.  Data e hora precisas dos avistamento também são algo crítico, principalmente se outras pessoas relatam o avistamento.  Tudo isso ajuda aos investigadores de OVNIs correlacionarem os avistamentos em massa.

Assegure-se que irá compartilhar sua identificação e informação de contato.  O pessoal da NUFORC e da MUFON são honestos, mas se você realmente quiser permanecer anônimo, tudo bem também.
Finalmente, você somente precisa preencher o relatório com um dos dois serviços de registros de avistamentos. A maioria dos pesquisadores monitoram ambas as bases de dados.

E é claro, você também pode utilizar o blog de registros de OVNIs que o OVNI Hoje usa, acessando o endereço a seguir, só que aqui não haverá garantia de que seu avistamento será investigado: www.ovnimaps.com
n3m3
Fontesyracusenewtimes.com
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Múmia descoberta no Peru pode mesmo ser alienígena

Documento Oficial relatos 25 anos antes do caso ET de Varginha

Sunrise Time-lapse from the International Space Station (ISS)



Linda imagem da Estação Espacial !!!

Peruíbe, no litoral de São Paulo, seria alvo frequente de 'ovnis'

Ufólogos de diversos cantos do país visitam a cidade que possui inúmeros relatos de aparições de objetos voadores não identificados (ovnis). Alguns cientistas têm explicações para o fato de a cidade 'atrair supostos ETs'. Fonte: http://mais.uol.com.br/view/dsirb7h509tj/peruibe-no-litoral-de-sao-paulo-seria-alvo-frequente-de-ovnis-0402CD1C3466D4B15326?types=A&

Visão abordo Estação Espacial Internacional - NASA