terça-feira, 23 de julho de 2013

0

Caso Forte Itaipú, Brasil – 1957: Dois sentinelas sofrem queimaduras causas por OVNI / UFO



Ataque por OVNI no Forte Itaipu



Um caso de ferimentos causados por um OVNI ocorreu no Forte Itaipú, na costa sul do estado de São Paulo (Praia Grande), Brasil.
Dois soldados sofreram queimaduras e não se sabe se foram deliberadamente atacados, ou se meramente sofreram com a radiação não intencional emitida pelo OVNI.
 
A história, de acordo com as testemunhas:

Às 02h00 da madrugada de 4 de novembro de 1957, dois guardas que estavam fazendo a sentinela no topo do maior ponto de observação com face ao oceano observaram uma intensa luz alaranjada no céu.

Primeiramente eles pensaram que se tratava de uma estrela com brilho intenso.  Então eles perceberam que era um objeto que estava descendo em alta velocidade, diretamente sobre o forte.  A aproximadamente 300 metros acima deles, o objeto reduziu a velocidade e vagarosamente continuou descendo, sem emitir ruído algum, até que repentinamente parou e pairou no ar a uns 50 metros acima dos soldados.

Nesta altitude, os sentinelas foram capazes de ver o formato do OVNI, o qual foi descrito como sendo circular, tendo o aparente diâmetro de 30 metros e uma luz alaranjada.  Os soldados ficaram com medo, e não reagiram.  Eles estavam armados com metralhadoras, mas não passou por suas cabeças atirar ou soar o alarme.


Nessa hora, eles puderam ouvir um zumbido forte, como o de um gerador, que vinha do OVNI.  De repente o objeto emitiu para baixo uma enorme onda de calor, a qual atingiu os dois soldados.  A onda veio com grande intensidade, mas nenhuma chama ou facho de luz foi visível.

Seus uniformes pegaram foto e um dos soldados, impactado pelo intenso calor, desmaiou.  O outro soldado, gritando de dor e medo, se jogou ao solo e rastejou até um despenhadeiro procurando por abrigo.  Os gritos acordaram os outros soldados, mas antes de que qualquer um deles pudesse vir até a área, todas as luzes do forte haviam se apagado. Somente um moderado calor havia penetrado no interior do forte, mas isto, junto com a escuridão total, foi suficiente para causar pânico.

Após três minutos aproximadamente, o calor desapareceu e momentos mais tarde a eletricidade retornou.  Alguns soldados correram para seus postos e muitos relataram ter visto um OVNI brilhante se distanciando e desaparecendo nas alturas para dentro do céu noturno.

Em estado de choque, os dois homens foram trazidos para dentro do forte com queimaduras de primeiro e segundo graus em mais de 10% de seus corpos e receberam tratamento médico.  Após, o comandante do forte enviou um comunicado urgente para o quartel general do exército.  Consequentemente a Força Aérea foi colocada em alerta total e patrulhou a região.  O forte foi então fechado e colocado sob investigação pelo governo brasileiro.

itaipuBrasil-OVNI ataque

Até hoje, não houve uma explicação oficial para o caso. Na época, um oficial da FAA, buscando a razão que levou o OVNI a atacar os sentinelas, lembrou-se de um relatório do Projeto Sign, no qual membros disseram acreditar que uma raça avançada esteve observando a Terra.  Sobre o caso, ele afirmou:

Tal civilização pôde ver que na Terra possuímos bombas atômicas e que estamos rapidamente melhorando nossos foguetes.  Dada a história da humanidade – guerras frequentes as quais mostram uma raça humana beligerante – eles devem ter ficados alarmados.  Deveríamos assim esperar, especialmente nestes tempos, receber tais visitas.  De acordo com isto, o objetivo principal dos alienígenas seria o de vigiar nossos avanços no espaço, temendo que nos tornemos uma ameaça para outros planetas.

  Se esta hipótese for verdadeira, ela poderia ser expandida para ligar o lançamento dos Sputniks com o ataque ao Forte Itaipú.  Porém, isto pareceu ser algo absurdo para todos os investigadores.  Isto significaria que os alienígenas estariam preocupados com nossos primeiros passos no espaço, e com pequenas naves tão primitivas que podem ser comparadas a pequenas canoas ao lado de navios transatlânticos.

 Isto também significaria que aquelas queimaduras tiveram o propósito de demonstrar as armas superiores que eles poderiam usar contra exploradores agressivos vindos da Terra.  Porém, ainda estamos longe de um voo espacial pilotado, mesmo até a Lua.  De acordo com a lógica humana, não seríamos capazes de ameaçar uma espaçonave superior – não agora, nem mais tarde.

Foi escrito um documento na Embaixada do Brazil nos Estados Unidos, o qual relata a história apresentada acima:
Document-Itaipu-UFO-Incident-Eng


Apesar de nunca ter sido dada uma explicação oficial ao caso do Forte Itaipú, devido ao número de pessoas que testemunhou o caso, ele é comprovação documentada de que há sim outras inteligências visitando a Terra.  Nosso planeta possui um histórico rico em avistamentos e contatos com OVNIs, mas infelizmente estes são rapidamente descartados pelos céticos de plantão e pelos ‘professores da impossibilidade’, pois é muito mais fácil e cômodo simplesmente negar algo, do que ter o trabalho de pesquisar e correr o risco de se deparar com a verdade.
Leia mais: http://ovnihoje.com/2013/07/20/forte-itaipu-brasil-1957-dois-sentinelas-sofrem-queimaduras-causas-por-ovni-ufo/#ixzz2Zv8r2FLG
Follow us: @ovnihoje on Twitter | ovni.hoje on Facebook
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Múmia descoberta no Peru pode mesmo ser alienígena

Documento Oficial relatos 25 anos antes do caso ET de Varginha

Sunrise Time-lapse from the International Space Station (ISS)



Linda imagem da Estação Espacial !!!

Peruíbe, no litoral de São Paulo, seria alvo frequente de 'ovnis'

Ufólogos de diversos cantos do país visitam a cidade que possui inúmeros relatos de aparições de objetos voadores não identificados (ovnis). Alguns cientistas têm explicações para o fato de a cidade 'atrair supostos ETs'. Fonte: http://mais.uol.com.br/view/dsirb7h509tj/peruibe-no-litoral-de-sao-paulo-seria-alvo-frequente-de-ovnis-0402CD1C3466D4B15326?types=A&

Visão abordo Estação Espacial Internacional - NASA