terça-feira, 22 de outubro de 2013

0

Asteroide de 400 metros pode cruzar com a Terra em 2032, dizem astrônomos



Nasa/JPL-Caltech

Um asteroide passou próximo da órbita da Terra no mês passado, tornando-se um dos 10.332 objetos catalogados como "potencialmente perigosos" pela Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), os chamados NEOs.

Isso porque o 2013 TV135 é grande, com cerca de 400 metros de diâmetro, e tem uma trajetória que passa perto do nosso planeta. No dia 16 de setembro, quando atingiu sua maior aproximação, ele ficou a 6,7 milhões de quilômetros da órbita da Terra. 
Descoberto no último dia 8 de outubro pelo Observatório Astrofísico da Crimeia, na Ucrânia, o caminho do asteroide pode voltar a cruzar com o nosso planeta em 2032, estimam os astrônomos. A Nasa, no entanto, minimizou os riscos de colisão e calculou uma chance em 63 mil para sermos destruídos pela rocha.
"Para colocar de outra forma, vamos dizer que a chance de não haver impacto em 2032 é de cerca de 99,998%", afirma Don Yeomans, chefe do rograma de NEO da Nasa, no JPL, em Pasadena, na Califórnia.
O asteroide "passeia" bastante pelo Sistema Solar, indo da região da Terra até quase à de Júpiter - mas ele fica distante da órbita do gigante, assim como estamos longe do Sol. Mas Yeomans lembra que é preciso mais estudos do corpo, já que o período orbital de quase quatro anos está sendo observado apenas há dez dias.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Documento Oficial relatos 25 anos antes do caso ET de Varginha

Sunrise Time-lapse from the International Space Station (ISS)



Linda imagem da Estação Espacial !!!

Visão abordo Estação Espacial Internacional - NASA