domingo, 29 de janeiro de 2012

0

Satélite alvejado por laser vai testar Teoria da Relatividade




Satélite alvejado por laser vai testar Teoria da Relatividade

Satélite passivo

Está tudo pronto para o lançamento do satélite artificial que pretende realizar a medição mais precisa já feita dos efeitos previstos pela Teoria da Relatividade de Einstein.
O satélite italiano LARES (LAser RElativity Satellite) vai também marcar a estreia do novo foguete europeu, o Vega, que será lançado a partir do Espaçoporto de Kouru, na Guiana Francesa - a grande estrela dessa missão será o teste da nave espacial europeia IXV.

O LARES, que é um satélite totalmente passivo, ficará em uma órbita a 1.400 quilômetros acima da superfície da Terra.
Ele é composto por 92 refletores feitos de liga de tungstênio. Esses espelhos vão refletir a luz de lasers disparados da superfície.

Arrasto gravitacional

Os cientistas esperam que o monitoramento da reflexão dos lasers disparados da Terra permita a realização das mais precisas medições já feitas de alguns dos efeitos previstos por Einstein em sua Teoria da Relatividade Geral.
Entre esses efeitos está o chamado "arrasto gravitacional", segundo o qual a rotação de um objeto de grande massa - neste caso, a Terra - distorce o espaçotempo, afetando assim o movimento de satélites ao seu redor.

O LARES foi projetado para medir o arrasto gravitacional com precisão de 1%.
Seu rastreamento será feito pela ILRS (International Laser Ranging Service), uma rede de estações de rastreamento a laser distribuída por todo o globo e que disponibiliza seus dados imediatamente, sem custos.

Limites de Einstein

A Teoria da Relatividade de Einstein já foi comprovada por inúmeros experimentos.
Mas, à medida que o conhecimento avança, os cientistas tentam testá-la até seus limites.
Os esforços atuais se concentram em torno de duas questões fundamentais: a detecção das ondas gravitacionais e o aumento da precisão do chamado efeito Lense-Thirring.

O efeito Lense-Thirring descreve a distorção do espaçotempo causada por um corpo de grande massa, tendo sido medido até agora com uma precisão de 10% - o satélite LARES pretende chegar a 1%.
Mas o satélite LARES tem outros objetivos científicos, incluindo o teste de teorias alternativas à Teoria da Relatividade.

O LARES também medirá vários parâmetros conhecidos como PPN (Parameterized Post-Newtonian), fará medições mais precisas da gravidade, testará o princípio da equivalência e fará medições para o sistema internacional de referência terrestre (ITRF: International Terrestrial Reference System).

Fonte da Matéria :
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=satelite-alvejado-laser-testar-teoria-relatividade&id=010130120123
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Múmia descoberta no Peru pode mesmo ser alienígena

Documento Oficial relatos 25 anos antes do caso ET de Varginha

Sunrise Time-lapse from the International Space Station (ISS)



Linda imagem da Estação Espacial !!!

Peruíbe, no litoral de São Paulo, seria alvo frequente de 'ovnis'

Ufólogos de diversos cantos do país visitam a cidade que possui inúmeros relatos de aparições de objetos voadores não identificados (ovnis). Alguns cientistas têm explicações para o fato de a cidade 'atrair supostos ETs'. Fonte: http://mais.uol.com.br/view/dsirb7h509tj/peruibe-no-litoral-de-sao-paulo-seria-alvo-frequente-de-ovnis-0402CD1C3466D4B15326?types=A&

Visão abordo Estação Espacial Internacional - NASA